Continuação...

quarta-feira, outubro 05, 2016
Olá Mind's...


No dia em que postei a primeira parte desse post eu fui forte e não chorei, porém, fui ler os comentários e desabei. Não imaginei que vocês realmente fossem comentar e se importar ♡
Fico muito, muito mesmo, feliz por isso, feliz por finalmente encontrar um lugar onde eu realmente me encaixo. 
Eu montei essa imagem no PhotoFiltre, tô mó orgulhosa di eu -d


Porém, nem tudo é um mar de rosas, e nesse mesmo dia eu chorei por outro coisa, mas ela foi ruim. Minha cachorra "pirlizinha", estava latindo muito, mas a única pessoa incomodada era o meu progenitor. Então, ele teve a capacidade de subir até a laje só para bater nela! Isso me deixou puto de raiva, o que me fez gritar: "Você está batendo na cachorra de novo!" - minha progenitora já chegou me interrompendo: "Cala a sua boca Maísa!". E eu fiquei com mais raiva ainda, dai disse: "Cala a boca o caramba, não vem com essa outra vez". E ela fez aquela cara feia para mim, e não falou mais comigo pelo resto da noite. Eu? Bem, eu chorei rios... Não por causa da cachorra, e sim pelo o que ela disse em seguida...
"Tá achando ruim? Então junta as suas coisas e vamos embora, porque a casa não é nossa, é dele" - respondi logo, interrompendo ela - "Eu não quero saber! Eu não pedi para nascer, agora que estou aqui vocês vão me aturar!"
Nem dormi direito naquela noite...

Eu não sei mais nem o que escreve... Aah, sim. Vamos pela parte de "não aceitação do próprio corpo/físico" (que foi o motivo da treta da última vez).

Okay, eu sou bem magrela. Não magra, é seca meeeesmo, e isso sempre foi um motivo de vergonha para mim, pois todos, incluindo "família", zombam de mim, tiram sarro e dão risada entre eles. E eu fico com cara de pastel, fingindo que está tudo bem, pois se eu respondo sou a mal educada.
Ninguém, absolutamente ninguém, da família é tão magra quanto eu. Eu evito mostrar os braços, sempre estou se jaqueta (minha marca registrada), porque são finos. Na verdade as pernas também, mas elas não tenho como esconder... Junta com a cara cheeia de espinhas, óculos e os dentes tortos, só por Deus Eu não teria tanta raiva de ser assim se não fosse o fato de ter que conviver com as outras pessoas, digo, adolescentes em específico.
As meninas me olham e fofocam; os meninos olham também, tiram sarro na cara dura: "Bambu de cotucar estrela", "Garibalda", "Et com dengue", "Anoréxica", "Psiu, quer ir lá em casa não, te ofereço comida..."; "Você deveria comer mais", "Homem gosta de carne, de ter onde pegar", "Que menino iria sair com você, se toca", "Ei fulano, arrumei uma mina pra ficar com vc, é a girafona! - Sai fora, qualquer coisa menos ela, mano"... Isso é só um MINI resumo do que eu escuto diariamente, desde os 8 ou 9 anos. Foi quando eu me deparei com a vida de verdade, com as meninas criando corpo e ficando super bonitas e eu... Uma tábua.

Pelo amor de Deus, não me venham com essa de me aceitar, de que cada um tem seu corpo, porque eu não engulo! Minha irmã tem 13 anos e tem mais corpo que eu (tenho 17). E não é uma diferença sutil! Ela usa sutiã 40 e eu nem os de criancinha, sem bojo. Se juntar os meus não da nem metade de um dos dela.

Eu poderia ir à um médico, porque isso não é normal, mas ninguém liga para mim. Quando eu toco nesse assunto aqui em casa, o povo ri da minha cara.


Continua...



Eu fiquei chateda com um dos comentários do post anterior! Eu avisei que odeio esse povo que entra nos broguinhu alheio só para se divulgar e memo assim veio essa rapariga aqui ó:
Sou dessas U.U -d

Sim, eu tive a capacidade de entrar no blog dela para
comentar isso cuzona memo


Por outro lado me apareceu esse na ultima wishlist, e fiquei felizinha:

Moça, patrocina eu *u*




Isso é tudo, por enquanto...

26 comentários:

  1. Oh querida, fico triste por estares assim :(
    Sei o que é ouvir todas essas coisas por ser magra... Também sofria muito por causa disso na escola, mas mais tarde comecei a ganhar muita auto-estima e confiança e nunca mais ninguém me disse nada! Foi mesmo uma grande mudança. Agora, adoro ser quem sou. Todos esses que me diziam coisas más, agora têm inveja de quem me tornei.
    E podes ter a certeza que todos essas más pessoas que te dizem isso estão é cheias de dor de cotovelo, podes apostar!
    Beijinhos grandes minha querida,
    An Aesthetic Alien | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me empresta um tantinho dessa sua auto estima? Tô super necessitada ><
      Bjss

      Excluir
  2. Bem..eu não sei bem o que falar sobre a primeira situação, porque essa coisas de o pai ser o dono da casa é muito ruim. Muitas vezes vi muita gente ter que aceitar muitas coisas abusivas por causa dessa situação.
    Sobre o corpo eu posso falar um pouco melhor, eu sou bem magra mesmo, mas eu nunca liguei muito pra isso. Meus braços são finos, meu pulso é de boneca, a cintura é fina, não tenho muito peito (por um lado é ótimo porque no futuro não tem nada pra cair) e eu até curto. Mas eu gostei muito de ter entrado para a academia (embora eu tive que sair para cuidar dos problemas de coluna e joelho) e o corpo ficou bem legal e mais saudável. É o único jeito de acabar com esses problemas. E outra...sobre a sua família deixa bem claro que não gosta. Sempre tem uma forma (mesmo que pegue pesado). Não abaixa a cabeça não porque tu não é obrigada a aceitar zueira alguma de família. Eu não tenho paciência e taco logo a má resposta em tudo #carolrevolts. Com o tempo e paciência (muuuuita paciência) vai tudo ficar bem.
    Agora a última é sobre pessoas idiotas que comentam merda no nossos blogs..tinha uma mulher que é de PORTUGAL, a qual muitas conhecem já que ela está em quase todos os blogs, mas eu não posso falar o nome porque não quero ser processada que ela é um saco. Tem muitos seguidores, mas tudo na base de divulgação de merda dela. O blog dela é uma merda também. Uma rapariga. Eu suportei por um ano, depois parei de seguir e ainda apago a maioria dos comentários dela de merda.
    Beijas,
    Mundo perdido da Carol
    Fan Page
    Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vejo a hora de sair daqui @.@
      Eu vi as suas fotos, nos looks, posso lhe garantir, sou bem mais magra q tu '-'
      É difícil suportar isso tudo... Odeio eles de coração.
      Acho q sei quem é essa FDP ¬¬' shuahsuausa ela e esse ai são chata pakas
      bjs

      Excluir
  3. Oh, meu Deus... Estou chocada com tudo que você disse ouvir dos outros! Não imaginava que podia piorar desde o último post. Se alguém batesse na minha cachorrinha, eu tenho certeza que também brigaria - eu costumo ser mal educada quando me defendo ou defendo outras pessoas. Estar perdida e se encontrar sem apoio com certeza é terrível! Eu posso ver que você não encontra amor em casa, não encontra amor na sociedade, junto das outras pessoas. Como alguém pode viver assim? Sinto tanto não poder fazer nada para ajudar! Mas eu fico realmente feliz em saber que está encontrando apoio aqui, por favor não esqueça disso. Não esqueça que nós estamos aqui <3
    Eu sou mais gordinha, digamos, eu tenho corpo, mas também tenho seios pequenos, mas eu aceito isso porque acho bonito - sério. Quando eu era mais nova, cheguei meio atrasada nessa faze de desenvolvimento, eu menstruei quando tinha quase quinze anos! Depois me desenvolvi mais rápido, mas na época as pessoas não notavam porque eu tinha curvas, entende? Mas eu posso dizer que até hoje algumas meninas de 13 tem mais peito que eu, e por que? Porque somos diferentes, cada um tem suas próprias características. O problema é que essa sociedade só consiste em pessoas burras e estúpidas que julgam e julgam!
    Eu também tenho o rosto cheio de espinhas, agora diminuiu um pouco, mas minha pele sempre foi muito oleosa! Há outras coisas de que também não me orgulho muito, um nariz meio saliente. As pessoas dizem que não acham grande, mas eu me olho no espelho e me sinto péssima! Desculpe falar tanto de mim, mas imagino que assim você se sinta mais identificada.
    Bom, da outra vez vi você dizer que teve seu primeiro amor não é? Acho que nunca falei pra ninguém aqui, mas... eu nunca namorei ninguém! Nem sequer beijei e tenho dezoito anos! Sou vista como encalhada por muitos aqui - inclusive a minha mãe - porque eu simplesmente detesto essas baladinhas e paqueras, é tudo falso pra mim você beijar uma pessoa que nunca viu antes, sim, eu penso assim, então cá estou.
    Só posso dizer que você continue a ser forte!
    Sobre o comentário, auehaue, eu também não acredito que entrou no blog dela pra comentar isso! Eu dei uma boa gargalhada, auehaue ''rapariga''. Mas bem que fez, vou me inspirar nisso! Vamos comentar hey rapariga, hey .-.

    ♡ { Barbie Pretty Sweet } ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, moça, esse seu comentário, mds... Vc foi tão fofa e atenciosa ♥ Claro q me identifico! e aliás, eu tbm nunca namorei, sou Bv e tals, e pelo jeito vou terminar a escola assim (aah índia, mas tu n tinha falado do primeiro amor lá? - Sim! eu gostava dele, ele sabia, me botava de lado como plano b ou reserva e eu nunca tive nada com ele... Hj olho pra ele e me pergunto como pude gostar daquele treco '0')
      #Encalhadas
      Comenta sim, pode ir lá shauhsuahsuau
      Bjs

      Excluir
    2. De nada moça <3 Ah ta, entendi, então somos duas, auehaue #encalhadas u.u

      Excluir
  4. Eu ri de vc respondendo o comentário com rapariga, kkkkk.

    E lendo seu post relembrei mt de várias coisas que já passei. Nas minhas brigas com meu pai, era comum eu falar que não tinha pedido pra nascer, isso deve ser comum pra todos os adolescentes, né? Mas o que mais em tocou é o fato de vc ser magra. Eu tb sou. Agora que passei dos 30, não sou tão palito, mas ainda sim bem magra. Qdo era nova, porém, tb era seca e sofri mt bullying. Lembro q qdo tinha 8 anos, me chamaram de aidética na escola [era 1990, o auge da AIDS]. Com 10, uma pessoa começou a ri das minhas pernas finas na escola e começou a me zoar, aí a classe inteira riu. Tinha vários apelidos e qdo td mundo começou a pegar corpo e eu não, eu parei de usar shorts e saia, só usava calça, mesmo que estivesse mt calor. Tudo pra ng ver minhas pernas finas. Meus braços tb eram mt finos, mas disso eu até gostava. Eu sofri por anos, só qdo tinha uns 20 e pouco q dei uma FODA-SE pra tudo isso e me aceitei, mesmo com corpo de menina. Inclusive as pessoas só me dão bem menos idade, outro dia um conhecido do meu pai falou que tenho 12 anos. qdo eu poderia ter filhos + velhos que isso.

    Então espero que chegue um momento na sua vida no qual vc se aceite.

    Beijos/Xoxo.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas
    Fan Page Coisitas e Coisinhas
    Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rapariga memo U.U -d hsauhsuahsuahusa

      Queria ter humor para rir da minha situação, mas n da... Talvez em um futura próximo, mas hj em dia n da mesmo..

      Excluir
  5. Oi!

    Sabe, sou bem magrela também, bem sequinha, mas eu não cresci tanto então sou um pouco baixinha. Vamos criar um grupo de magras demais, #tábuasunidas. Entendo como funciona isso de apelidos e piadas, geralmente eu sou zoada quando venta, por motivos óbvios. Tenho histórico familiar de pessoas magras, mas são poucos.

    Meus apelidos são diferentes, mas seguem os mesmos padrões. Eu definitivamente odeio frases como "Você deveria comer mais" "Te ofereço comida." já ouvi até "Tua mãe não te dá comida, não?", são extremamente ridículas, como se as pessoas não entendessem que isso é uma questão GENÉTICA E DE METABOLISMO e que eu não sou assim por não comer ou querer.

    Aos poucos eu aprendi a lidar com alguns comentários, e parei de me importar tanto, mas não posso negar que tem vezes que os comentários são maiores que essa força. Aprendi também a identificar as verdadeiras amizades no meio desse povo. Espero muitíssimo que você faça novas amizades verdadeiras onde mora, ou nos lugares que visitar!

    Um problema que citou e que me identificou é a questão do corpo a la tábua. Entendo muito bem isso, é engraçado por que minhas primas possuem corpão e eu sou um risco em pessoa e aí a família sempre comenta.

    Quanto aos comentários spam: eu acho incômodos, mas costumo responder com algo simples e menos direto que você. Mas confesso que adorei a sua sincerridade, haha. Acho comentários desse tipo válidos em posts mais curtos, ou mesmo em psots que possuam apenas um texto, poema, fotos, sabe? Um comentário mais direto e leve. Mas em posts mais longos eles realmente denunciam o spam.

    Ah, sobre a Dhy, eu conheço o trabalho dela do facebook! As orelhas de arame dela são lindas! Morro de vontade de comprar um, só falta o "investimento".

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. #tábuasunidas
      Essa do vento tbm já escutei @.@
      Minhas primas tbm são lindas (de uns tempos para cá nem tanto, pois tiveram filhos) e os comentários da "família" doem bem mais...

      Eu n tenho paciência, sô obrigada a nada hsuahsuahu

      Eu já tinha visto a página dela, mas n dei bola, dai eu vi as orelhas, postei e ela me achou ♥

      Excluir
  6. Tudo o que você relatou, desde o post anterior é realmente super chato.
    Bom, problemas familiares realmente não são fáceis de lidar. Família é família e nem sempre a gente consegue simplesmente enfiar tudo numa bolsa e ir embora, ainda mais sendo adolescente. Força! Segue em frente sempre, não abaixe a cabeça para isso.
    Quanto ao corpo, te entendo mas de outra forma. Eu era muito gordinha e nunca tive paz na escola, sempre tinha apelidinhos rolando a minha volta. O que eu fiz? Nada! As pessoas se cansam de zoar quem não dá atenção à elas e, eu sei que você pediu pra não dizer, mas a gente aprende sim a amar o corpo ou pelo menos conviver bem com ele. Procure fotos de meninas com o corpo parecido com o seu e vai se inspirando, monta looks parecido, faça de você uma menina bonita!
    É uma idade e uma fase complicada, mas confie em mim, a gente consegue organizar toda essa bagunça!
    Beijo

    Blog Lua Soares

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já pensei nisso, me adaptar a mim mesma, mudar de estilo, renovar o guarda-roupa, mas me deparo com outro problema: A falta de dinheiro... Acho q seria de grande ajuda se eu arrumasse um emprego..

      Excluir
  7. Identifico-me completamente contigo no facto de seres magra, comigo também se passou o mesmo, toda gente gozava e diziam todas essas coisas e pior mas acabei por deixar de ligar e isso acabou. Agora já não tenho mais preconceito por ser magra, quem gostar gosta quem não gosta não gosta.
    Muita força minha linda, a tua felicidade há-de finalmente chegar.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda n aceito isso, e vai demorar a acontecer, eu vejo isso como um sinal de fraqueza, e me dói..
      Obrigada pela compreensão.

      Excluir
  8. Já passei pelo que está passando, é muito ruim sofrer bullying.
    Sofro até hoje, as vezes.
    Para resumir minha vida, fiz um vídeo que está postado no meu youtube.
    Irei fazer um postagem no blog e dedica-la, espero que fique menos triste, você merece, beijo.

    http://swillaneves.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu n aguento mais, e n há nada q eu possa fazer contra isso...

      Excluir
    2. O melhor a fazer é não ligar. E se for para mudar, mude por você.
      Não precisa ter peitões e bunda grande, basta você se sentir feliz, você tem que gostar de você mesma, para depois as pessoas gostarem de você.

      Excluir
  9. Nossa que barra vc passa hein! Eu li seu post anterior, religião seria uma coisa que poderia ajudar, mas seus pais sendo religiosos desse jeito, só faz vc se afastar. O que posso dizer? Força garota! Se prepare ao máximo para poder sair dai, vc é jovem, vai dar a volta por cima! Torço por vc!
    Bjoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela força. Q Deus q ouça q eu consiga ><

      Excluir
  10. Ah meu Deus, fico triste de ler essas coisas :( se fosse eu no seu lugar com a situação da sua cachorrinha, eu faria o mesmo, afinal, eles são bichinhos que não tem como se defender, mas entendo como deve ser difícil por ninguém na sua casa te apoiar e a casa ser dele, realmente não é fácil lidar com essas coisas que envolvem família.
    Quanto a aceitação do seu corpo, eu super me identifiquei. Sou bem magrinha, tenho 18 anos e 47kg (até ano passado era 45) e eu também já ouvi MUITO essas coisas como "Homem gosta de carne", "Você deveria comer mais", "Tu não tem feijão em casa?", "Puro osso", "Olivia Palito" e etc. Também vi minhas amiguinhas criando corpo e eu sempre parada nos malditos 45kg, e cara, isso tudo é um saco. De 2013 pra cá eu parei de ligar pra essas coisas e comecei a me amar do jeito que eu sou e esses comentários simplesmente pararam, sério. Acho que quando a gente passa a ser confiante, os outros começam a sentir isso também, sabe? Eu entendo o quanto é chato esse discurso de que "você tem que se amar", sempre que alguem me falava isso dava vontade de matar, porque falando assim parece que começar a se amar é algo fácil, né? Mas não é. E também não existe um passo a passo de como começar a se amar, acho que cada um encontra o seu caminho pra isso, e eu espero do fundo do meu coração que tu ache o teu caminho logo. E complicado e eu sei que falar isso é bem clichê, mas todas nós somos lindas de algum jeitinho. Tô mandando muita energia positiva pra ti, ta? Espero mesmo que tu consiga sair dessa, talvez não seja hoje, nem amanhã, mas prometo que um dia as coisas vão melhorar.
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela compreensão, e fico feliz de ter encontrado alguém em comum <3

      Excluir
  11. Miga, sobre magreza:
    Eu também sou muiiito magra. Magra de ruim, e me já me senti muito mal por isso, por todas as outras meninas ao meu redor terem aquele corpão da televisão. Mesmo eu tendo 14 anos, já conheci meninas mais novas que eu e com mais corpo, o que me DEIXAVA chateada. Não fico mais tristes com essas coisas. Você tem que parar de pensar negativo, e eu já escutei "Homem gosta de carne, de ter onde pegar" também. Foi na rua, foi o meu próprio vizinho que disse isso, e eu só ignorei. Ignore menina, e pare de pensar que você é horrível como falam. Isso pode ser inveja, sei lá. Somente se sinta bem com comentários bons sobre você ♥
    mallow-mars.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai é q tá... Não há comentários bons sobre mim.

      Excluir
  12. Tenho dó também de quem maltrata os animais, e sobre magreza, eu sou também, e muito, e extremo. O pior é que eu não me incomodo e as outras pessoas, quem não tem nada a ver com isso que se incomodam (?).

    ✯ Instagram ✯✯ Blog Diamante Turquesa ✯✯ Fan Page ✯

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As pessoas deveriam cuidar cada uma de suas vidas, povo chato..

      Excluir

LEIA ANTES DE COMENTAR!

• Críticas apenas se forem construtivas.
• Faça comentários SOBRE O POST e não spam com seus links logo abaixo!
• Comente o link do seu Blog, se gostar, irei seguir.
• Faça pedidos de Posts.
• Respondo Tags, fique a vontade para me indicar.

Obrigada, e volte sempre (~*u*)~

Tecnologia do Blogger.